ANTT abre audiência pública para concessão da BR 262 no Espírito Santo

O coordenador da bancada federal capixaba, deputado federal Da Vitória (Cidadania-ES), destacou que a medida é o início da discussão da concessão da BR-262 . Foto: Divulgação.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) abriu, nesta quarta-feira (17), Audiência Pública para receber contribuições sobre as minutas de Edital e Contrato, o Programa de Exploração da Rodovia e os Estudos de Viabilidade para concessão da BR -262 no Espírito Santo e de trecho da BR-351 em Minas Gerais. Ao todo, serão 673,82 quilômetros nas duas rodovias.

No Espírito Santo, a Audiência Pública será realizada no próximo dia 7 de agosto no Hotel Comfort Suítes, na Praia do Canta, em Vitória, entre às 14 e 18 horas. Estão previstas ainda outras duas sessões presenciais em Minas Gerais e uma em Brasília. As contribuições também podem ser feitas por meio do site da ANTT (antt.gov.br) de hoje até o dia 2 de setembro.

O coordenador da bancada federal capixaba, deputado federal Da Vitória (Cidadania-ES), destacou que a medida é o início da discussão da concessão da BR-262 . Os parlamentares do Estado haviam sido recebido neste ano pelo diretor-geral da ANTT, Mario Rodrigues Junior.

“O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, nos comunicou, como representante da bancada capixaba, da abertura das audiências públicas para a concessão da BR-262. Vamos debater com os técnicos do Ministério, da ANTT e com a população em geral a proposta. A concessão será importante para viabilizar investimentos para a melhoria e manutenção da rodovia de uma forma mais célere”, pontou Da Vitória.

De acordo com as minutas de edital e contrato, a concessão consiste na exploração, por 30 anos, da infraestrutura e da prestação do serviço público de recuperação, conservação, manutenção, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade das rodovias: BR-262/ES, no trecho entre a divisa ES/MG e o entroncamento com a BR-101/ES (Viana); BR-262/MG, no trecho entre BR-381/MG (João Monlevade) e a divisa ES/MG; e BR-381/MG, no trecho entre o entroncamento com a BR-262 (Sabará) e o entroncamento com a BR-116/MG (Governador Valadares).

Por Pedro Callegario.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.