Inovação e sustentabilidade na mineração serão discutidas em fórum na Bahia

Será discutido também a criação de um hub entre mineradoras e startups para buscar novas soluções tecnológicas para a mineração. Fotos: Divulgação.

Alguns dos nomes mais importantes da mineração brasileira estarão reunidos na Bahia no próximo dia 14 de agosto para discutir a inovação e os caminhos para uma atuação sustentável no setor. O I Fórum Internacional de Inovação e Sustentabilidade na Mineração, promovido pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) e pelo jornal Correio*, vai colocar em pauta também a criação de um hub entre mineradoras e startups para buscar novas soluções tecnológicas para a mineração.

Estão confirmados no evento, que será realizado no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Alexandre Vidigal, secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia (MME) e Victor Hugo Froner Bicca, diretor-geral da Agência Nacional de Mineração (ANM).

Planta da mirabela mineracão.

Na iniciativa privada, o presidente da Largo Resources no Brasil (antiga Vanádio de Maracás), Paulo Misk, é presença confirmada, assim como o presidente da Bamin Eduardo Ledsham.  Rinaldo Mancin, diretor do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) também estará presente. A entidade é a responsável pela representação nacional da atividade.

Vindo do Chile, o diretor no país andino da Commonwealth Scientific and Industrial Research Organization (CSIRO), Orlando Jiménez, vai apresentar soluções utilizadas por lá. A CSIRO é o órgão nacional de pesquisa na Austrália e tem mais de 5 mil pesquisadores em todo o mundo que atuam no desenvolvimento de novas tecnologias para a indústria.

Gustavo Roque, coordenador do Mining Hub, em Minas Gerais, é outra presença confirmada. O projeto que a CBPM pretende implantar no estado é baseado no que está em operação em Minas desde o início deste ano. “O mundo está cada vez mais tecnológico e existe uma demanda por tecnologia na mineração também. Minas Gerais montou o primeiro e nós queremos aprender com a experiência deles”, destaca Tramm. 

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do site bit.ly/forumdemineracao

Por Patrick Silva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.