Surfe e música agitam Pontal do Ipiranga no fim de semana em etapa nacional da Tríplice Coroa

A novidade desse ano é a premiação. Foto: ASL – Associação de Surf de Linhares.

A partir do próximo sábado (10) o balneário de Pontal do Ipiranga sediará a 2ª etapa do circuito dos sonhos: a Tríplice Coroa Quebra Onda de Surfe, com os principais surfistas do Brasil na disputa da categoria amador. O evento segue no litoral até o próximo domingo (11). Já a categoria profissional será disputada entre os dias 16 e 18 de agosto. A terceira e última etapa será realizada nas ondas de Regência no mês de outubro.

Assim como em Povoação, a etapa de Pontal também será em formato festival. No sábado (10) a banda Jham I Can se apresenta na primeira avenida do litoral. Já os shows musicais de encerramento da 2ª etapa, acontecerão na terceira avenida do balneário. Na sexta-feira (16) a galera vai poder curtir com as bandas Plaxtico e Rock 80. Já no sábado (17) teremos Preto Pires e a banda Heep e Parafina.

A novidade desse ano é a premiação. A categoria profissional vai premiar com 40 mil reais por etapa, e o vencedor do circuito ganha uma passagem para a alta temporada havaiana. Nas categorias amadoras, a novidade é a inclusão dos Gromets (até 12 anos), Junior (sub 17) e Kahuna (acima de 45 anos). Os campeões do circuito das categorias Regional, Open e Master, ganham viagem para El Salvador cada.

Além da premiação, uma grande estrutura será montada no balneário, e o evento terá a transmissão ao vivo, através do youtube. Toda a tecnologia ficará a cargo da Surfcore, empresa com experiência nos principais eventos do país. Na transmissão, Nelson Ferreira e José Augusto Muleta recebem Marcos Bocayuva, apresentador e comentarista dos principais canais de esportes radicais da américa, como Sportv e Woohoo.

Entre os surfistas, Kristyan Kymerson defende o título.  Junto dele, é esperado a presença de vários atletas que competem no circuito brasileiro e internacional, como Rafael Teixeira, Lysandro Leandro, Raoni Monteiro, Hizunome Bettero e Heitor Alves entre grandes, na disputa pelo prêmio e melhor colocação no ranking brasileiro. E foi através do título de campeão brasileiro pela Abrasp, que Krystian conseguiu a tão sonhada vaga para a disputa do mundial que acontecerá em Saquarema este ano.

Pontal do Ipiranga

A praia do Pontal do Ipiranga fica a 50 Km da sede do município de Linhares, é urbanizada e tem acesso por rodovia estadual totalmente asfaltada. De água morna, boas direitas quebram no beach break, principalmente no inverno e com ondulação de sul. Sua natureza é um espetáculo, com a área preservada da restinga, uma das mais protegidas de todo o Espírito Santo e que é ponto de desova e reprodução de tartarugas.

Lá, também, é possível encontrar uma quantidade imensa de aves, insetos e répteis típicos da Mata Atlântica. Para as famílias e crianças, o Pontal de Nice, conhecido como “Riozinho” é uma das principais atrações, região onde o Rio Ipiranga deságua no mar. Próximo ao Pontal, também é possível contemplar as praias de Barra Seca e Urussuquara.

O circuito é organizado pela ASL – Associação de Surf de Linhares em conjunto com a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, e com apoio da Fundação Renova.

Categorias

PROFISSIONAL 96 vagas / OPEN 24 / MASTER 24 / REGIONAL 24 / GROMETS 12 / JUNIOR 12 / KAHUNA 24

Premiação por Etapa:

Profissional – R$40.000,00 em dinheiro.

Open – 01 Prancha Vitória Surf House + Kit Quebra Onda + Acessórios 30pés

Master – 01 Prancha Vitória Surf House + Kit Quebra Onda + Acessórios 30pés

Regional – 01 Prancha Vitória Surf House + Kit Quebra Onda + Acessórios 30pés

Kahuna – 01 Prancha Vitória Surf House + Kit Quebra Onda + Acessórios 30pés

Gromets e Junior – Kit Quebra Onda + Acessórios 30pés

Premiação do Circuito

Profissional – Passagem Hawaii

Regional – Passagem El Salvador

Open – Passagem El Salvador

Master – Passagem El Salvador

Inscrições:

Profissional R$300,00 / Open R$100,00 / Master R$100,00 / Regional R$ 60,00.

Obs: atletas não federados/associados precisam pagar taxa de filiação: R$200,00 ABRASP (Pro) / R$ 60,00 FESURF (Open/Master) / R$ 20,00 ASL (Regional).

Por Julimar Rampinelli.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.