Empreendimento familiar “termina em pizza” e sucesso em Vila Velha

A criação da pizzaria Moda D’Pizza foi a maneira que os irmãos Felipe e Atílio encontraram para investir na satisfação profissional. Foto: Bandes.

De certo a versatilidade da pizza faz com que o prato vá bem em diversas ocasiões, seja no lanche da tarde, nas noites em família e, até mesmo, no almoço, com a correria do dia a dia. Essa variabilidade faz com que o prato se apresente como boa alternativa de investimento para negócios de diferentes portes no Espírito Santo. Com o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), empreendedores capixabas obtêm recursos para investir no setor.

Em Vila Velha, os empreendedores Felipe de Assis Volpi e seu irmão Atílio de Assis Volpi, proprietários da pizzaria Moda D’Pizza, aproveitaram as oportunidades junto ao Bandes para investir na aquisição de maquinário do empreendimento. A pizzaria, localizada no bairro Riviera da Barra, surgiu da vontade dos irmãos de ingressarem no empreendedorismo. Ambos tiveram a ousadia de abandonar carreiras estáveis em outras áreas de mercado para apostar no empreendimento que funciona no modelo de delivery no período da noite e como fábrica durante o dia.

Os irmãos comercializam a iguaria desde 2014 e, inicialmente, ofereciam apenas o modelo de pizza pré-assada. Felipe conta que após realizar pesquisas de mercado e de modelos de estabelecimento, ele o irmão investiram em novos sabores e modelos de pizza que se adéquam às necessidades. “Começamos trabalhando com pizzas pré-assadas, tendência no mercado na época. Depois começamos a oferecer também a pizza já pronta, assada, e, hoje, temos também uma fábrica que fornece pizzas congeladas para outros estabelecimentos”, destaca.

O negócio familiar também contou com a ajuda da mãe, Renilde de Assis, que revendia as pizzas congeladas para empresas da região de Santa Teresa. O investimento no modelo de fábrica possibilitou a expansão do negócio, que hoje, possui revendedores fixos nos municípios de Santa Teresa, São Roque, Itarana e Vila Velha.

Os recursos do Bandes foram essenciais para que os irmãos pudessem oferecer o serviço com maior rapidez e qualidade à clientela. Junto ao banco capixaba, Felipe e Atílio puderam investir na aquisição de forno elétrico de esteira que agiliza o processo de preparo e entrega dos 28 diferentes sabores do prato oferecidos aos clientes.

O crédito ofertado pelo Bandes possibilita que empreendedores do estado ligados ao setor culinário invistam na compra de matérias-primas, mercadorias, maquinários, equipamentos e ferramentas, como também na reforma e ampliação das instalações físicas.

Texto de Beatriz Moreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.