Paulo Foletto discute parcerias para o desenvolvimento da Floricultura no Sul do Estado

O objetivo do encontro foi a estruturação de ações conjuntas que viabilizem a futura criação de um polo voltado à floricultura no sul do Estado. fotos: Seag/ES.

A Secretaria de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), realizou uma reunião com a Associação de Produtores de Flores e Plantas Ornamentais da Região Sul/Caparaó-ES (Sulcaflor) na terça-feira (08).

O objetivo do encontro foi a estruturação de ações conjuntas que viabilizem a futura criação de um polo voltado à floricultura no sul do Estado, com participação de institutos, universidades e demais entidades interessadas.

A Sulcaflor busca parcerias para alavancar não apenas a produção de flores, mas também a criação de estruturas que contribuam para o desenvolvimento econômico e turístico da região.

A ideia principal é a criação de um polo de floricultura com apoio do Governo do Estado, por meio da Seag e suas unidades vinculadas, cujo papel seria desenvolver, planejar e estruturar as ações.

A ideia é contar também com instituições de ensino, como a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), que atuariam no gerenciamento de recursos, atividades, pesquisas, desenvolvimento de tecnologias e acompanhamento das propriedades por meio de seus acadêmicos.

O papel da associação nessa atividade seria o de levantar os locais para a instalação dessas unidades demonstrativas nas propriedades rurais. Dessa forma, em vez de concentrar os trabalhos apenas em um único local, o que geraria mais custo para as instituições, a criação de unidades possibilitaria a geração de mais recursos para o produtor.

As unidades demonstrativas nas propriedades também possibilitariam ao produtor um acompanhamento mais perto do desenvolvimento das pesquisas, sempre com o apoio direto das instituições. À Seag, junto com o Incaper, caberia atuar no planejamento e desenvolvimentos dos trabalhos de Assistência Técnica e Extensão Rural.

Para o secretário de Agricultura, Paulo Foletto, é uma excelente oportunidade de desenvolver um trabalho com o apoio de parcerias.

“A expectativa é de que possamos inserir essa proposta dentro do Projeto Elas no Campo e na Pesca, que é um projeto da Seag, criando um ambiente de elaboração conjunta entre nós, universidades, institutos, Incaper, Serviço Nacional de Aprendizagem (Senar) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Para o professor e diretor do Centro de Ciências Agrárias e Engenharias da Ufes, campus de Alegre, Dirceu Pratissoli, a criação desses polos pode favorecer o desenvolvimento regional.

“Estamos trabalhando em função das necessidades que o Espírito Santo possui mais, especificamente, o sul do Estado. Uma das metas é a criação de um polo de floricultura, muito relevante para a região porque vai trabalhar a agricultura familiar, criando fonte de renda, qualidade de vida e ambiental e estimulando o agroturismo na região”.

O encontro também contou com a presença dos deputados estaduais Coronel Alexandre Quintino, Janete de Sá, Marcos Garcia, Luciano Machado, Emilio Mameri e técnicos do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) e da Seag,

Por Luciano Vieira de Aguiar e Carlos Pereira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.