Feira de Natal vai até dia 19 na Assembleia Legislativa do ES

Apresentação do Projeto de Dança de escola municipal de Vila Velha marcou oficialmente o início das exposições. Foto: Wellington Abner.

O Projeto de Dança da Escola Municipal de Vila Velha, Naydes Brandão, fez a abertura oficial da tradicional feira de Artesanatos e Presentes de Natal da Assembleia Legislativa (Ales). Ao som de músicas natalinas, a apresentação contou com 25 crianças nesta quinta-feira (05), às 14h30, no Térreo da Casa.

Confira mais fotos da feira

Até o próximo dia 19, 90 expositores passarão pela feira, que acontece das 8 às 17 horas, e é promovida pela deputada Janete de Sá (PMN), presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Artesãos e do Artesanato Capixaba.

Segundo ela, devido à alta procura para expor neste ano, foi necessário adotar um rodízio entre os artesãos. Dessa forma, em cada semana a feira vai receber 30 expositores diferentes e também com produtos diversificados.

“Queremos motivar as mulheres a buscarem sua independência econômica, Além de fortalecer o empreendedorismo e a economia solidária. E tenho certeza todos que tiverem a oportunidade de visitar a feira encontrarão produtos de qualidade com baixo custo. É uma ótima oportunidade para encontrar vários presentes de natal”, ressaltou Janete de Sá.

O visitante que passar pela Assembleia Legislativa irá encontrar artigos para presentes, bolsas, bijuterias, utensílios para o lar, roupas, biscoitos, doces, entre outros produtos confeccionados de forma artesanal por profissionais de diversos pontos do Espírito Santo.

Para a expositora da Associação de Artesãos de Domingos Martins Maria de Lourdes Tauffer Padilha, além da oportunidade a feira de artesanatos também representa um momento de solidariedade entre os colegas de profissão. “Estar aqui representa muito para mim. Aqui cada um ajuda e apoia o outro. A gente trabalha e ainda levanta o astral”, destacou.

Projeto de dança

De acordo com a diretora de escola Carla Lima de Moraes Cabidel, o Projeto de Dança surgiu da necessidade de oferecer às crianças uma atividade no contraturno escolar, com intuito de diminuir o tempo ocioso, além de estimular a arte e a cidadania por meio da dança.

“Nossa proposta foi de estimular essas crianças com algo que trouxesse uma valorização para as crianças trabalhando a autoestima. Sair dos muros da escola para se apresentarem na Assembleia Legislativa as deixou muito animadas, foi a realização de um sonho”, observou Carla.

A pedagoga Roseane SantaAnna Ferreira estava na Casa para participar da Cantata de Natal e também aproveitou para conferir os produtos da feira. A educadora elogiou a qualidade dos artigos e a valorização do artesão capixaba.

Por Kissila Mell.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.