Agricultores do ES poderão solicitar Outorga da Água pela internet a partir de segunda-feira (09)

A primeira versão será para agricultores capixabas que utilizam água para irrigação, perfil de aproximadamente 90% do público atendido pela Agerh. Foto: Agerh

A Agência Recursos Hídricos do Estado do Espírito Santo (Agerh) irá disponibilizar, na próxima segunda-feira (09), um sistema de requerimento on-line de outorga desenvolvido por servidores da autarquia. A primeira versão será destinada exclusivamente para agricultores (pessoas físicas) que utilizam água para irrigação, perfil de aproximadamente 90% do público atendido pela Agerh.

A plataforma está em fase final de desenvolvimento e foi criada para otimizar o trabalho da agência e dar mais comodidade a este tipo de requerente, que não precisará mais comparecer à Agerh para dar entrada ao pedido de outorga. A inovação também trará economia de recursos, tanto para o Estado quanto para o cidadão.

O processo de outorga para irrigação será 100% on-line, por meio de software ligado ao e-Docs.

Antes de ser disponibilizada ao público, a ferramenta foi apresentada aos irrigantes, por meio de sindicatos ligados ao setor, às instituições bancárias de crédito rural e às concessionárias de energia elétrica que concedem a tarifa diferenciada a agricultores. As reuniões aconteceram na Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag).

Ainda no mês de março, a Agerh irá oferecer capacitação a servidores públicos do Estado e funcionários de sindicatos rurais a fim de auxiliar os agricultores na utilização do sistema.

Outorga de Direito de Uso de Recursos Hídricos

A Outorga é o ato administrativo mediante o qual a Agerh autoriza o direito de uso da água superficial e subterrânea, por prazo determinado, nos termos e nas condições expressas no respectivo documento. A outorga permite o controle quantitativo e qualitativo dos usos da água, possibilitando uma distribuição mais justa e equilibrada do recurso.

Por Francine Leite

AGRONEGÓCIOS CIDADES Cultura DIREITO & JUSTIÇA Economia Geral Internacional NOTÍCIAS OPINIÃO OPORTUNIDADES Política

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *