Arquidiocese de Goiânia conhece turismo religioso de Salvador

Mais de 150 pessoas entre padres, romeiros e devotos que moram em Goiânia estão neste final de semana em Salvador para viver o roteiro da fé. Na programação está a visita a igrejas e mosteiros importantes da cidade.

Até terça-feira, dia 17 de março, eles terão a oportunidade de conhecer de perto o que a capital baiana oferece de melhor para quem experimenta o turismo religioso, que ficou ainda mais forte com a canonização de irmã Dulce no ano passado. Um dos momentos mais esperados é no sábado com a visita ao bairro dos Alagados, considerado a Terra Santa de Salvador.

O bairro recebe esse título porque foi onde três santos deixaram suas marcas de fé e amor. Santa Dulce dos Pobres iniciou nos Alagados a sua missão de cuidado com os mais carentes; Santa Teresa de Calcutá abriu a sua primeira obra social do Brasil nos Alagados, em 1979 e São João Paulo II que visitou a comunidade na sua vinda a Salvador no ano seguinte. Ele inaugurou no bairro a Matriz Paroquial, igreja projetada pelo arquiteto João Filgueiras Sobrinho, o Lelé.

No sábado, os peregrinos também vão conhecer o Mosteiro do Salvador, em Coutos. O primeiro mosteiro Beneditino do Brasil, construído na periferia. Os biscoitos de origem Suíça e as geleias de frutas são algumas das maravilhas produzidas pelas monjas.

Por Fabiane Pita

AGRONEGÓCIOS CIDADES Cultura DIREITO & JUSTIÇA Economia Geral Internacional NOTÍCIAS OPINIÃO OPORTUNIDADES Política

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *