Cacau de Linhares é destaque no maior evento de chocolate do Brasil

II Festival Internacional de Chocolate e Cacau. Foto: Secom/PML 

O secretário Municipal de Agricultura de Linhares, município da região norte do Espírito Santo, Franco Fiorot, está em São Paulo participando do Chocolat Festival – II Festival Internacional de Chocolate e Cacau que segue até domingo (15). No local, foi montado um stand da Indicação Geográfica ‘Cacau Linhares’, coordenado pela Associação de Cacauicultores do Espírito Santo (Acau), com a participação de oito produtores de Linhares têm mais uma vez a oportunidade de mostrar a qualidade do cacau e do chocolate produzido no município.

Fiorot destaca que o festival é voltado para cacauicultores de todas as regiões produtoras de cacau do Brasil, consumidores e profissionais da área, sendo o maior da América Latina no segmento. Tem por objetivo promover o chocolate de origem e fomentar os negócios da cacauicultura no país.

“Esse é um evento muito importante para o segmento cacaueiro e nos permite estreitar as relações institucionais com os diversos parceiros, para fortalecermos as ações que já são desenvolvidas pelo município como o Concurso da Qualidade de Amêndoas do Cacau Capixaba, programa de distribuição de mudas e a filial do Centro de Inovação do Cacau (CIC) que instalamos na cidade. Já estamos estreitamos também relações com o organizador do festival e discutido formatos para levar um modelo semelhante a Linhares, um desejo do segmento cacaueiro do município e já solicitado pelo prefeito Guerino Zanon”, disse o secretário de Agricultura.

A Acau é detentora de uma marca de origem geográfica do cacau, a chamada Indicação Geográfica “Cacau Linhares”. Quem passa pelo stand, que conta com apoio do Governo do Estado, pode conferir produtos como chocolates, destilados (cachaça e Rum à base de cacau), nibs, cocadas, dentre outros derivados da amêndoa. O evento conta com a presença de representantes da Acau e da Secretaria Estadual de Agricultura.

O que é Indicação Geográfica ‘Cacau Linhares’?

Alguns produtos de determinadas regiões passaram a ter uma reputação associada à sua origem, os produtos passaram a ser chamados pelo nome geográfico da região onde eram produzidos. O conceito surge de forma gradativa quando produtos provenientes de determinados lugares levam consigo a denominação de sua origem -nome típico ou geográfico.

O que determina esse diferencial são fatores naturais: dimensão física, características de solo, clima, relevo, composição bioquímica, constroem o que chamamos de “Terroir”, aliado aos fatores humanos: dimensão humana e cultural, tradição, ambiente socioeconômico e práticas de técnicas específicas (saber-fazer).

Mais sobre o festival

Além da comercialização de chocolates e outros derivados do cacau selecionado, o Chocolat São Paulo promove experiências sensoriais, exposições históricas e artísticas, cursos de capacitação, workshops, debates sobre temas do setor e palestras ministradas por especialistas nacionais e internacionais.

Por Valda Ravani

AGRONEGÓCIOS CIDADES Cultura DIREITO & JUSTIÇA Economia Geral Internacional NOTÍCIAS OPINIÃO OPORTUNIDADES Política

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *