Riscos na volta às aulas presenciais em debate

Governo elaborou protocolo com regras sanitárias para volta às atividades presenciais | Foto: SEDU/ES.

Representantes de estudantes, de pais de alunos, de trabalhadores da educação e das secretarias de Estado de Saúde (Sesa) e da Educação (Sedu) devem participar de audiência pública virtual para tratar da retomada das aulas presenciais nas redes pública e privada de ensino. Proposto pela Frente Parlamentar em Defesa do Cumprimento dos Planos Nacional e Estadual de Educação, o debate acontece nesta quinta-feira (8), às 10 horas, e pode ser acompanhado pelo canal da Assembleia Legislativa (Ales) no YouTube.

O debate com o tema “Volta às aulas em tempos de pandemia – riscos e consequências” foi proposto pela secretária-executiva da frente parlamentar, deputada Iriny Lopes (PT), que deve partilhar a mediação com o presidente do colegiado, deputado Sergio Majeski (PSB). As possíveis implicações e a opinião dos segmentos diretamente envolvidos na questão devem ser o foco da agenda.

Autorização

Na rede privada as atividades estão autorizadas desde o último dia 5; já as unidades da rede pública do Estado poderão retornar a partir de 13 de outubro. No caso da rede municipal, as prefeituras têm autonomia para definir se voltam ou não ao ensino presencial. O anúncio do fim das restrições para as aulas presenciais na Educação Básica nas redes de ensino Estadual, municipais e privada em municípios classificados como Risco Baixo de transmissão da Covid-19 foi feito pelo governador Renato Casagrande (PSB) no dia 25 de setembro. As normas sanitárias para retorno às salas de aula constam na Portaria Conjunta Sedu/Sesa Nº 01/R.

Convidados

Para o evento, foram convidados os secretários de Estado da Saúde, Nésio Fernandes de Medeiros Junior, e da Educação, Vitor de Angelo; a secretária-geral da Gestão Provisória da União dos Estudantes Secundaristas do Espírito Santo (Ueses), Kaliana Tolentino Lenzi Soares; o secretário-geral da Associação de Pais de Alunos do Espírito Santo (Assopaes), Aguiberto Oliveira de Lima; o representante do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sindiupes) Ildebrando Paranhos; e a representante do Comitê de Educação do Campo do Espírito Santo (Comeces) Maria do Carmo Paoliello. 

Por Redação Web Ales com informações de Gleyson Tete


Siga A IMPRENSA ONLINE no InstagramFacebookTwitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.


Últimas notícias


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.