Luiz Durão deverá retornar à Assembleia

Luiz Durão | Foto: Reprodução

O deputado Enivaldo dos Anjos (PSD) foi eleito prefeito de Barra de São Francisco com 15.844 votos (69,07%). Com a saída de Enivaldo para assumir o Executivo municipal no norte do Estado, quem deverá retornar à Assembleia é Luiz Durão (PDT). Ambos faziam parte da coligação PSD-DEM-PDT-PPL nas eleições de 2018. 

Já os deputados Delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos) e Euclério Sampaio (DEM) concorrem ao segundo turno das eleições. Pazolini , que recebeu 53.014 votos (30,95%), disputa o comando da capital do Estado com João Coser (PT), escolhido por 37.373 eleitores (21,82%).

Se Pazolini (ex-PRP, atual Republicanos) for eleito para a Prefeitura de Vitória, o primeiro suplente é Marcos Madureira (PRP). O PRP foi incorporado ao Patriota e, por isso, pode haver contestação da vaga. O segundo suplente é Siegmund Berger (PCdoB), da coligação PRP-PCdoB. 

Já o deputado Euclério Sampaio (ex-DC, atual DEM) recebeu 30.934 votos (18,81%) e disputa o segundo turno em Cariacica, na Grande Vitória, com Célia Tavares (PT), escolhida por 23.087 cariaciquenses (14,04%). Se Euclério for eleito, quem deve assumir a cadeira na Assembleia é Freitas (PSB), da coligação PSB-DC. 

Mesmo com o adiamento das eleições de outubro para novembro por causa da pandemia, a data de posse dos prefeitos não foi alterada e ocorre em 1º de janeiro de 2021. 

Permanecem na Ales

Onze deputados estaduais disputaram o cargo de prefeito em sete municípios este ano. Não foram eleitos Alexandre Xambinho (PL), Bruno Lamas (PSB) e Vandinho Leite (PSDB) que concorriam na Serra; Gandini (Cidadania) e Capitão Assumção (Patriota), em Vitória; Doutor Hudson (Republicanos), em Vila Velha; Carlos Von (Avante), em Guarapari; e Marcos Garcia (PV), em Linhares.

Por Titina Cardoso


Siga A IMPRENSA ONLINE no InstagramFacebookTwitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.


Últimas notícias


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.