Invasão de território quilombola em debate na Ales

Segundo o IBGE, há 87 localidades quilombolas no Espírito Santo | Foto: Leonardo Sá

A invasão do território quilombola de Linharinho, em Conceição da Barra, na região de Sepê do Norte, região norte do Espírito Santo, onde vivem comunidades rodeadas por plantações de eucaliptos da Fibria, é pauta da Comissão de Defesa da Cidadania e dos Direitos Humanos da Assembleia Legislativa (Ales) nesta terça-feira (22). O colegiado realiza reunião extraordinária virtual às 13h15. 

Estão convidados para o debate Flávia dos Santos, membro da Comissão Quilombola da Comunidade Angelim; Domingos Firminiano dos Santos, membro da Coordenação Estadual e Nacional Quilombola; Arilson Venturim e Olindina Serafim, ambos da Coordenação Regional Quilombola; Josilene Sousa dos Santos, advogada do Coletivo Jurídico da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (Conaq); Joãozinho do Mangal; a secretária estadual de Direitos Humanos, Nara Borgo; o presidente do Conselho Estadual dos Direitos Humanos, Rafael Valêncio; o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, deputado federal Helder Salomão (PT); a advogada Rosane Arena; e o professor de antropologia da Ufes Sandro José da Silva.

Mapa dos quilombos

De acordo com informações divulgadas em abril de 2020 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), havia, em 2019, 5.972 localidades quilombolas — que incluem territórios reconhecidos oficialmente, agrupamentos e outras localidades, conforme a metodologia do órgão.

O mesmo levantamento contabiliza 87 localidades quilombolas no Espírito Santo. Dessas, apenas sete estão com território oficialmente delimitado: Linharinho; Serraria e São Cristóvão; São Jorge; São Domingos; São Pedro; Retiro; e Monte Alegre. 

Por Aldo Aldesco


Siga A IMPRENSA ONLINE no InstagramFacebookTwitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.


Últimas notícias


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.