Linhares suspende festas de fim de ano nas praias

Medidas emergenciais e campanha de conscientização para frear a Covid-19 em Linhares | Foto: Divulgação

Diante do aumento do número de casos de Covid-19 em todo o município de Linhares, região norte do Espírito Santo, e devido à proximidade das festas de fim do ano, o prefeito Guerino Zanon oficializou a suspensão das festividades, como queima de fogos e atrações musicais, nas três praias do Município: Pontal do Ipiranga, Regência e Povoação, além do reforço na campanha de comunicação #amoraopróximo para conscientizar a população e ampliação da fiscalização dos protocolos.

“Este chamado se dá em função deste quadro que está se desenhando de uma segunda onda, repique da primeira onda ou primeira onda que não terminou, como queiram chamar. Reconhecemos que há de fato aumento de internações, de casos, isso é inegável, e isso pressiona o nosso sistema hospitalar. Precisamos, neste momento, da participação de todas as nossas equipes no alinhamento das ações para que não tenhamos nenhum problema de dissolução de continuidade no processo de enfrentamento da pandemia”, afirmou o prefeito de Linhares, Guerino Zanon.

Segundo o prefeito, não há uma causa determinante e única para a inflexão no número de internações, levando em conta que, após nove meses da pandemia, as pessoas podem estar cansadas das restrições, o fato de os dias estarem mais longos e quentes, a chegada de fim de ano, que é um período de mais encontros, até mesmo a perspectiva da vacina pode ter feito com que as pessoas relaxassem o cumprimento de medidas de proteção.

“Por isso, precisamos reforçar a necessidade de cuidados e fazer isso com o mínimo de impacto sobre a economia, esse é o foco do Município, por isso nos reunimos com as forças policiais, as entidades representativas e deliberamos pontos importantes para reduzir a circulação de pessoas e conter a propagação de coronavírus em Linhares. Agora, o que queremos é que as pessoas se encontrem menos, em festas e confraternizações, ou mesmo em locais públicos, onde tendem a se cuidar menos. Não é hora de aglomerações. Reduzir contatos é muito importante nesse momento, porque quebramos o ciclo de contágio”, completou.

O secretário da Saúde, Saulo Rodrigues Meirelles, lembrou que o Município mais que dobrou a capacidade de leitos de UTI desde o início da pandemia, implantou na Unidade Sentinela que funciona no Hospital Geral de Linhares (HGL), e Linhares continua sendo a cidade que mais testa a sua população em todo o Espírito Santo.

“O Município está fazendo essa força-tarefa para que tenhamos a retaguarda necessária, mas gostaria de fazer um apelo à população em geral. Não basta ter leitos clínicos e de UTI. As pessoas também terão de ajudar para evitar aceleração da transmissão e de novos casos. O autocuidado, o uso de máscaras, a higienização das mãos e distanciamento físico são atitudes que a população também tem responsabilidade”, alertou Saulo.

Por Alexandre Araújo


Siga A IMPRENSA ONLINE no InstagramFacebookTwitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.


Últimas notícias


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.