Casa Porto anuncia programação especial de férias, em Vitória (ES)

Foto: Divulgação

Se o objetivo é encontrar entretenimento cultural, informação e educação durante o período de férias escolares, no verão, a Secretaria Municipal de Cultura (Semc) dá uma ajudinha com uma programação especial em um dos equipamentos culturais mais conhecidos e charmosos da cidade, a Casa Porto das Artes Plásticas, no Centro Histórico de Vitória, capital do Espírito Santo.

O local, que atualmente abriga a exposição “Cidades (In)visíveis”, do acervo fotográfico de Tadeu Bianconi, com curadoria de Fernando Pessoa e projeto educativo de Juliana Pessoa, contará com uma série de atividades que começam já no próximo sábado (15) até o dia 26 de fevereiro.

“Sabemos da alta demanda por programações culturais neste período de férias e verão. Nada mais oportuno do que levar ao cidadão de Vitória conhecimento, agregar valores educacionais e de quebra entretenimento de qualidade. Hoje quem mora em Vitória não precisa se preocupar em buscar longe. Temos aqui nos nossos equipamentos culturais abertos, funcionando com todos os protocolos de segurança referentes à Saúde, exposições e atividades culturais do mais alto nível artístico”, garantiu o secretário municipal de Cultura, Luciano Gagno.

Oficina de desenho

No próximo sábado 15, abrindo a programação, está a “Oficina de Desenho” com o artista acadêmico de Artes Visuais na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Filipe Silva Souza. Na ocasião os participantes poderão adentrar o universo dos desenhos por meio de noções básicas, que serão passadas em um primeiro momento, partindo para a prática logo a seguir.

“Nosso objetivo é estimular a verbalização e a conceitualização de um trabalho, que varia desde o que se escolhe desenhar, até a postura ou materiais que se opta para desenhar, seja em pé ou sentado, com grafite, lápis de cor ou carvão”, explica Filipe.

“A oficina se inicia com uma breve apresentação cronológica sobre as fases dos desenhos, de forma que se estimule o raciocínio de que em cada momento da história o desenho tinha uma função e que com o passar do tempo, passam a se empregar novas técnicas e a se reformular o desenhar, de modo a passar a entender as necessidades ou gostos, neste caso, destaca-se o discurso subjetivo que passa a ser fundamental para o surgimento e desenvolvimento do artista’’, conclui o instrutor.

Para participar é necessária a realização de inscrição prévia, que pode ser feita acessando esta página.

A mesma oficina se repete nos dias 22 de janeiro às 11 horas e no dia 07 de fevereiro às 11h30, sempre de modo presencial, na sede da Casa Porto.

Para se inscrever para a turma do próximo dia 22, basta acessar a página de inscrição.

Já para a turma de 07 de fevereiro, baste se inscrever nesta página .

As inscrições vão até às 18 horas do dia anterior a realização de cada oficina.

Outras oficinas

Cidades (In)visíveis estreia nesta quinta (6) às 17 horas | Foto: Divulgação

Além da “Oficina de Desenho”, estão previstas a realização da “Oficina de Colagens”, com Matheus Moreira, nos dias 29 de janeiro e 05 de fevereiro e da “Oficina de Objetos Decorativos” com Clícia Schmildt, no dia 26 de fevereiro.

A “Oficina de Colagem” se utilizará da perspectiva dadaísta, movimento artístico que teve como alguns objetivos contrariar a religião, filosofias, ciência e a forma que a sociedade se organizava por volta do ano de 1916.

“Além das contradições o dadaísmo tinha como objetivo o desejo de que a arte fosse livre e espontânea, sendo possível construir e se apropriar de imagens para criar novas figuras, de acordo com a visão de mundo de cada artista”, explica Matheus.

“Nossa oficina ocorrerá de modo orgânico, onde papéis podem se tornar suportes para as colagens ou até mesmo material inicial para construção de novas imagens. Teremos como objetivo entender a colagem como uma linguagem artística, visando nestes encontros o descompromisso com o real e realismo, onde a linearidade das imagens possa ser abandonada ou reorganizada e qualquer desejo possa ser traduzido por imagens”, finaliza Moreira.

Já para a “Oficina de Objetos Decorativos” Clícia promete despertar a criatividade dos participantes que irão trabalhar com barbantes.

“A proposta é fazer com que o aluno produza objetos de várias formas e tamanhos diferentes que possam ser utilizados na decoração do ambiente que desejar. Exploraremos formas de objetos com um barbante que normalmente é visto como uma linha reta. Um paradoxo que vai render excelentes trabalhos”, afirmou Clícia.

Todas as oficinas terão seus trabalhos expostos aos visitantes do museu nos dias 18 e 19 de fevereiro.

Para as oficinas de “Colagens” e “Objetos Decorativos” as inscrições também já estão abertas até a véspera da data das turmas pelo e-mail casaporto.comunica@gmail.com.

Os dados necessários são: turma de interesse, nome completo, e-mail, telefone, idade e escolaridade.

Atrações musicais

Atrações musicais deverão subir ao palco da Casa Porto durante a programação de férias. Já estão garantidas as datas de 11 e 25 de fevereiro. Os horários e nomes das atrações serão divulgados em breve.

Cidades (In)visíveis

A exposição “Cidades (In)visíveis” segue em cartaz até o dia 06 de abril de segundas às sextas-feiras, das 10 às 19 horas e sábados das 10 às 14 horas.Flávio Almeida

Fachada Casa Porto | Foto: Flávio Almeida

Protocolos

No interior da Casa Porto o uso de máscaras e a utilização de álcool em gel são obrigatórios, seguindo todos os protocolos exigidos pelas autoridades sanitárias para a prevenção e combate ao Coronavírus.

O agendamento prévio não é necessário, porém, o número de visitantes é controlado no local.

Confira a programação completa que possui classificação indicativa livre:

• 15/01 – 11h – Sábado
Oficina de Desenho – Filipe Souza

• 22/01 – 11h – Sábado
Oficina de Desenho – Filipe Souza

• 29/01 – 11h – Sábado
Oficina de Colagem – Matheus Moreira

• 05/02 – 11h – Sábado
Oficina de Colagem – Matheus Moreira

• 07/02 – 11h30 – Segunda
Oficina de Desenho – Filipe Souza

• 11/02 – horário a confirmar – sexta
Apresentação Musical.

• 12/02 – 11h – Sábado
Conversa com artista da exposição Cidades (In)visíveis

• 18/02 – 10h – Sexta
– Exposição dos trabalhos da Oficina de Desenho e Colagem

• 19/02 – 10h – Sábado
– Exposição dos trabalhos da Oficina de Desenho e Colagem

• 25/02 – horário a confirmar – Sexta
Atração musical.

• 26/02 – 11h – Sábado
Oficina de Objetos Decorativos – Clícia Schmildt

Por Pedro Vargas


Siga A IMPRENSA ONLINE no InstagramFacebookTwitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.