Casa 107 Cervejas Especiais vence pregão para uso de espaço comercial na Casa do Turismo Capixaba

Essa é uma das etapas de uso do prédio histórico, localizado no Centro da Capital | Fotos: Divulgação

O resultado do pregão eletrônico de concessão de espaço comercial destinado a cervejaria foi publicado na edição dessa terça-feira (11) do Diário Oficial do Espirito Santo, e teve como vencedora a Casa 107 Cervejas Especiais, com proposta de valor de remuneração mensal de R$ 3.790,50/mês (lance inicial de R$1.650/mês).

Essa é uma das etapas de uso do prédio histórico, localizado no Centro da Capital, um dos primeiros passos para que o prédio se torne um local de vivência, cultura e lazer para moradores e turistas. “O processo para escolha do empreendimento foi um sucesso e em breve nossa Casa do Turismo contará com este serviço atraindo moradores e turistas e movimentando a região”, comenta a secretária de Estado de Turismo, Lenise Loureiro. 

Concluído o processo licitatório, a próxima etapa é a assinatura do termo de Concessão, iniciando, então, o período de 120 dias para que o concessionário execute as obras de adequação do espaço necessárias para que o local possa iniciar as atividades.

O espaço que será concedido para cervejaria está localizado no térreo, com área construída de 68,96 metros quadrados e 150 metros quadrados de área externa. O estabelecimento deverá manter atendimento em fins de semana, datas festivas e feriados (municipais, estaduais e nacionais), nos períodos diurno e noturno, no mínimo, entre 16h e 21h, e nas quintas e sextas-feiras, em período noturno até, no mínimo, 21 horas.

No local, serão permitidas apresentações culturais e musicais fora do horário comercial de funcionamento do órgão público instalado no prédio. O vencedor do pregão terá que disponibilizar aos clientes conexão à internet gratuita, manter cardápio bilíngue e material informativo aos clientes da origem e da história dos produtos e pratos típicos da culinária capixaba comercializados em seus estabelecimentos.

O valor mensal pelo uso do espaço concedido a iniciativa privada, só será cobrado após início das atividades comerciais. As áreas de carga e descarga, bem como o estacionamento da Casa do Turismo Capixaba, poderão ser utilizadas pelo empresário e seus clientes.

Por Simone Diniz


Siga A IMPRENSA ONLINE no InstagramFacebookTwitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.