Mais de 1.280 empreendimentos vão receber consultoria para promover seus negócios

Impulso Rio Doce selecionou projetos de 40 localidades da bacia do rio Doce a fim de fortalecer e diversificar a atividade econômica

Foto: Divulgacao/Fundacao Renova/Nitro

O projeto Impulso Rio Doce, que tem o objetivo de promover a diversificação econômica e fortalecer micro e pequenos negócios, selecionou 1.285 empreendimentos para começarem os trabalhos de consultoria. As ações acontecem nas 40 localidades atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, em 2015, ao longo da bacia do rio Doce.

A iniciativa é conduzida pela Fundação Renova em parceria com o IEBT e visa estimular ideias e impulsionar negócios com oferta de capacitação, assessoria e acompanhamento para o desenvolvimento de empreendimentos

Do total de 1.285 negócios, cerca de 75% são empreendimentos já existentes, como bares, restaurantes, lanchonetes, salgadeiras, escritório de design de móveis, produção audiovisual, lojas comerciais, piscicultura, clínicas de saúde e estética, produção artesanal, desde itens alimentícios a bordados, crochês e demais.

Já os outros 25% estão na fase de ideias para serem transformados em um possível negócio. Entre os exemplos estão salão de beleza, restaurante, oficina mecânica, peixaria, alambique, fábrica de temperos, venda de mudas de plantas (flores e frutas), loja de roupas e acessórios, alimentação e serviços em geral.

“Os negócios selecionados estão passando por um diagnóstico individualizado a fim de analisar a viabilidade do empreendimento. Para isso, eles contam com o apoio de um agente de aceleração, que é responsável por fazer o acompanhamento personalizado a cada empreendedor, identificando as necessidades e realizando o acompanhamento técnico”, diz Leyse da Cruz Ferreira, do Programa de Economia e Inovação da Fundação Renova.

Até o dia 30 de maio os responsáveis pelos projetos vão receber treinamentos on-line coletivos mensais, mentorias coletivas on-line (tira dúvidas), workshops para formação de rede e consultorias personalizadas da evolução do negócio e da aplicação de ferramentas.

“Entre os resultados esperados com a consultoria, estão o aumento no faturamento dos empreendimentos já existentes, a formação de pessoas com competência para gestão de negócios, geração de emprego e novos negócios”, afirma Leyse da Cruz Ferreira.

O projeto Impulso Rio Doce abrange localidades da bacia do rio Doce: Mariana, Barra Longa, São José do Goiabal, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Dionísio, Rio Casca, São Pedro dos Ferros, São Domingos do Prata, Raul Soares, Sem Peixe, Marliéria, Timóteo, Ipatinga, Bom Jesus do Galho, Caratinga, Santana do Paraíso, Fernandes Tourinho, Córrego Novo, Pingo d’Água, Bugre, Sobrália, Ipaba, Iapu, Governador Valadares, Alpercata, Conselheiro Pena, Galiléia, Tumiritinga, Naque, Belo Oriente, Periquito, Aimorés, Itueta e Resplendor em Minas Gerais; e Baixo Guandu, Linhares, Colatina, Marilândia, e Barra do Riacho (distrito de Aracruz) no Espírito Santo.

Por Kennya Gava


Siga A IMPRENSA ONLINE no InstagramFacebookTwitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.