Meio Ambiente fará palestra sobre descarte de embalagens de defensivos em Desengano

A iniciativa é da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Linhares e integra as ações do projeto “Café e Cultura”, da Secretaria Municipal de Agricultura. Fotos: Jader Júnior.

No próximo dia 9 de agosto (sexta-feira), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM) da Prefeitura de Linhares promove a palestra “Devolução de embalagens vazias de defensivos agrícolas”, na comunidade de Desengano, interior do município. A iniciativa integra as ações do projeto “Café e Cultura”, promovido pela Secretaria Municipal de Agricultura.

O encontro, que acontece a partir das 16h30, na quadra poliesportiva do distrito, será conduzido pela diretora de Educação Ambiental da SEMAM, Aline Fernandes, que tratará sobre destinação correta de embalagens de defensivos agrícolas, uso adequado de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e uso consciente de recursos naturais.

De acordo com a diretora de Educação Ambiental, a palestra tem o objetivo de mostrar a importância da relação entre as áreas agrícola e o meio ambiente. “A secretaria de Meio Ambiente participa do projeto, por meio da palestra, para apresentar aos presentes a importância entre as duas áreas a fim de que os recursos hídricos, o solo, os animais e o próprio ser humano sejam protegidos”, ressalta.

Aline antecipa que, durante a palestra, os agricultores serão orientados quanto à necessidade de ler o manual de instrução e rótulos dos defensivos, de dar destinação adequada às embalagens e de usar corretamente os EPIs. “Infelizmente, algumas pessoas não seguem as instruções de uso do defensivo e acabam diluindo na água uma maior concentração do produto e, ao invés de surtir um efeito positivo na lavoura, pode ocasionar efeitos contrários e até intoxicações silenciosas, podendo causar sérios problemas de saúde”, diz.

Aline Fernades.

Conforme a diretora, quanto à destinação correta das unidades vazias de defensivos, no município a fiscalização é feita pelo Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e o município de Linhares, por meio da secretaria de Agricultura, tem a corresponsabilidade de auxiliar o produtor sobre o descarte correto.

“No momento da compra, o produtor tem a responsabilidade legal de devolver a embalagem vazia à loja e ela, por sua vez, de fazer o seu transporte até o destino final. No passado, as pessoas utilizavam as embalagens para armazenar água e grãos, entre outras formas de uso inadequado, por exemplo, aumentando a incidência de toxidade de humanos e animais. Por isso, o Idaf que é o órgão responsável por fiscalizar se o descarte [das embalagens] e a pulverização da lavoura estão sendo feitos de forma adequada. E a município de Linhares tem a corresponsabilidade de auxiliar o produtor, levando essa palestra até eles e para dar as orientações corretas”, destaca Aline.

Calendário de Recolhimento

Vale ressaltar que o município de Linhares realiza o recolhimento de embalagens de defensivos agrícolas por meio de uma parceria com a Associação dos Revendedores de Insumos Agropecuário do Espírito Santo (Assoagres) e do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (InpEV), em diversos pontos de apoio instalados no município.

Nessa quinta-feira (1º), a ação itinerante aconteceu simultaneamente nas comunidades do Córrego Farias e Guaxe. O próximo recolhimento está previsto para o dia 3 de dezembro, em Desengano.

Por Ívna Ferreira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.