Para ser considerado ‘chocolate’, produto deverá ter percentual mínimo de cacau

Os chocolates brasileiros devem ter um percentual mínimo de cacau para não serem classificados como “chocolate fantasia”. Projeto com esse objetivo, do senador Zequinha Marinho (PSC-PA), foi aprovado pela comissão de transparência e defesa do consumidor (CTFC). O senador Roberto Rocha (PSDB-MA), relator da proposta e que apresentou um substitutivo ao texto de Zequinha Marinho, retirou a necessidade de informação no rótulo sobre a porcentagem de cacau no chocolate, já que para o senador esse dado é inerente ao tipo de chocolate vendido e cabe a Anvisa as regras de rotulagem.

A reportagem é de Rodrigo Resende, da Rádio Senado.

Fonte: Agência Senado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.