Conectividade no campo via satélite é tema de debate na CNA

O debate aconteceu durante a Agrotic | Fotos: CNA

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) debateu, nesta quinta (12), a conectividade no campo com alternativas via satélite e as possíveis mudanças proporcionadas por novas tecnologias para oferecer conexões mais rápidas de internet.

O debate aconteceu durante a Agrotic, série de eventos que busca disseminar o uso das tecnologias de informação e comunicação e da Internet das Coisas no campo brasileiro.

“A comunicação no campo não atende só a produtividade, mas a educação e segurança pública rural também. Ou seja, passa por diversos setores, é uma questão transversal”, afirmou Carlos Marsiglia, consultor do Projeto de Conectividade da CNA.

Segundo o consultor, é um choque de realidade o produtor ter que percorrer quilômetros para emitir uma nota fiscal. No entanto, é gratificante ver que existe solução, já que o País é inteiro coberto por satélites.

Marsiglia ressaltou que o mercado está apresentando mais ofertas de satélites, o que é benéfico para o setor porque “mais competição sempre beneficia o usuário”.

“Os produtores estão em zonas de difícil acesso e pagam valores consideráveis para instalação do equipamento. Então, novos entrantes no mercado poderão facilitar o barateamento desse serviço e vemos isso com bons olhos”.

Para Marsiglia, o produtor rural sonha em ter uma rede onde possa ter uma cobertura terrestre e de máquinas com custo acessível.

Ele argumentou ainda que a entidade trabalha para a criação de um modelo de negócios que permita a convergência dos investimentos dos setores de saúde e segurança com o de comunicação para o setor rural.

“Tem espaço para satélites, o Brasil é um país continental. A CNA tem feito esforço para que o Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) seja usado no meio rural para atender as pessoas que estão sendo privadas desse acesso”.

Da Redação | Com informações da Assessoria de Comunicação CNA


Siga A IMPRENSA ONLINE no InstagramFacebookTwitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.