Covid-19: Brasil registra 40,6 mil casos e 139 mortes em 24 horas

Pacientes recuperados são quase 30 milhões, diz Ministério da Saúde | Foto: © Tomaz Silva/Agência Brasil

O Brasil registrou, nas últimas 24 horas, mais 40.633 casos de covid-19. No mesmo intervalo de tempo, foram notificadas mais 139 mortes em decorrência do vírus, segundo o boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (27) pelo Ministério da Saúde, com base em dados enviados pelas secretarias estaduais e municipais de Saúde.

O número total de casos confirmados da doença, desde o início da pandemia, é de 30.921.145, e o de óbitos, de 666,319.

Ainda segundo o boletim, 29.939.873 pessoas se recuperaram da doença e há 314.953 pessoas infectadas em acompanhamento.

O boletim ainda informa que há 3.265 óbitos por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em investigação.

Boletim epidemiológico 27.05.2022
Boletim epidemiológico 27.05.2022 – 

Estados

Em número de infecções, São Paulo é o estado com maior número de casos confirmados (5,49 milhões), seguido por Minas Gerais (3,40 milhões), Paraná (2,51 milhões), Rio Grande do Sul (2,42 milhões) e Rio de Janeiro (2,18 milhões).

O estado de São Paulo tem também o maior número de mortes pela doença (169.187), seguido por Rio de Janeiro (73.797), Minas Gerais (61.544) e Paraná (43.299).

Os estados que registram menos mortes são Acre (2.002), Amapá (2.134), Roraima (2.152) e Tocantins (4.157).

Vacinação

Segundo o Ministério da Saúde, até o momento, foram aplicadas 433 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 no país.

Receberam a primeira dose 176,9 milhões de pessoas e 158,8 milhões, a segunda dose. A dose única da vacina da Janssen foi aplicada em 4,8 milhões de pessoas, 85,1 milhões receberam pelo menos uma dose de reforço e 4 milhões, o segundo reforço.

Por Pedro Rafael Vilela 


Siga A IMPRENSA ONLINE no InstagramFacebookTwitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.