Semana Mundial do Aleitamento Materno reforça importância da amamentação

A amamentação é capaz de reduzir em 13% a mortalidade infantil por causas evitáveis em crianças menores de 5 anos, afirma o Ministério da Saúde. Foto: Sesa/ES.

A Semana Mundial de Aleitamento Materno acontece anualmente entre os dias 1º e 7 de agosto. A data foi criada em 1992, pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), com o objetivo de estimular a amamentação.

Com o tema “Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação”, as ações, que fazem parte do chamado Agosto Dourado, buscam explicar e esclarecer dúvidas de todos os familiares, reforçando a importância do aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida do bebê, e o uso dele como alimentação complementar até os dois anos de idade.

De acordo com a coordenadora de Saúde da Criança da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), Edna Cellis Vaccari Baltar, a amamentação, quando realizada no período correto, proporciona diversos benefícios para a criança como, por exemplo, o recebimento de anticorpos para a proteção contra infecções. O ato também diminui o risco de doenças crônicas, diabetes, obesidade e estimula o desenvolvimento da musculatura da boca e da face. Além disso, o aleitamento materno protege a saúde da mãe, reduzindo as chances de desenvolver anemia, câncer de mama e de ovário.

Segundo a coordenadora, o declínio na mortalidade infantil no Brasil está ligado diretamente ao aumento nas taxas de amamentação. “O aleitamento materno reduz em cerca de 13% as mortes de crianças menores de 5 anos por causas evitáveis”, disse.

Programação

E para marcar a data, a Secretaria de Estado da Saúde e hospitais da Rede Estadual que oferecem atendimento materno e infantil, realizam atividades especiais com usuários e servidores da saúde.

Na abertura da Semana Mundial do Aleitamento Materno, nesta quinta-feira (1º), será realizado o Curso de Manejo em Aleitamento Materno. A ação, que acontece na Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), será desenvolvida pela Área Técnica da Saúde da Criança da Sesa, e voltada para os profissionais que atuam nas maternidades estaduais e nas unidades básicas.

O objetivo da ação é divulgar as ações desenvolvias no Estado e nos municípios, além de sensibilizar os participantes sobre a importância de melhorar as ações de incentivo, promoção e apoio ao aleitamento materno.

Nos dias 19 a 23 de agosto, serão realizadas rodas de conversas com os usuários das Farmácias Cidadãs Estaduais de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica (CRE Metropolitano).

Já no dia 30 de agosto, os profissionais da Atenção Primária em Saúde (APS) participarão do Curso Estadual de Sensibilização em Aleitamento Materno.

“Essas intervenções contribuem para que os cuidados, informações e manejo em aleitamento sejam baseados em evidencias científicas, o que permite o apoio as mamães e familiares”, disse Edna Vaccari.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Sesa/ES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.