Marcos Garcia quer criar data para lembrar vítimas

Espírito Santo já registra mais de 13 mil mortes por Covid | Foto: Leandro Tedesco

Incluir no calendário oficial de eventos do Espírito Santo o Dia em Memória das Vítimas Fatais e de Solidariedade às Vítimas Graves da Covid-19, a ser lembrado em 2 de abril. Essa é a finalidade do Projeto de Lei (PL) 862/2021, apresentado na Assembleia Legislativa (Ales) pelo deputado Marcos Garcia (PV).

Na justificativa da proposição o parlamentar recorda que em 11 de março de 2020 a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que o mundo vivia a pandemia do novo coronavírus e que até o momento mais de 620 mil pessoas morreram no país por causa da doença, além disso, que muitas outras foram internadas por longos períodos e ficaram com sequelas. “O dia sugerido se refere à data da primeira morte oficial em decorrência da Covid-19 no Espírito Santo”, explica.

De acordo com a iniciativa, na data citada as bandeiras das repartições públicas estaduais deverão permanecer hasteadas a meio mastro e será realizado um minuto de silêncio em todos os eventos oficiais.

Caso a proposta seja aprovada na Casa e vire lei, os efeitos da nova legislação passam a valer a partir da publicação em diário oficial.

Emenda

A Procuradoria da Casa recomendou emenda supressiva para o texto do artigo 2º, que diz que “No dia instituído por esta lei, as bandeiras das repartições públicas do Estado permanecerão hasteadas a meio mastro e será realizado um minuto de silêncio nos eventos oficiais”.

Tramitação

Por se tratar de projeto de lei que trata da inclusão de datas comemorativas no calendário oficial, a matéria passará por análise conclusiva da Comissão de Justiça.

Por Gleyson Tete


Siga A IMPRENSA ONLINE no InstagramFacebookTwitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.